Justiça determina o encerramento de sindicato 'fantasma' em Araraquara

Sindicato das Empregadas e Trabalhadores Domésticos funcionava no mesmo endereço de outra entidade, que foi fechada em 2016, não tinha telefone e tinha diretoria formada por ‘laranjas’, segundo MPT. Entidade disse que recorreu da decisão.

Justiça determina o encerramento de sindicato 'fantasma' em Araraquara
A 1ª Vara do Trabalho de Araraquara (SP) determinou a dissolução do Sindicato das Empregadas e Trabalhadores Domésticos de Araraquara e Região por se tratar de uma entidade "fantasma", que não possui qualquer representatividade junto aos trabalhadores da categoria. A entidade disse que recorreu da decisão.

O juiz determinou a suspensão das atividades do sindicato no prazo de 10 dias, a contar da notificação. O descumprimento da decisão acarretará multa diária de R$ 1 mil, limitada a R$ 20 mil.

A ação civil pública se originou de inquérito civil instaurado pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) a partir de informações obtidas durante a decretação da intervenção judicial no Sindicato dos Empregados em Turismo e Hospitalidade de Araraquara e Região, que foi fechado em 2016 em outra ação, também ajuizada pelo MPT.

Ambas as entidades eram controladas por Donizete Aparecido Passador e Therezinha de Jesus Alves Passador, com a participação de outros familiares. Os dois sindicatos também tinham o mesmo endereço.

"É evidente que o Sindicato das Empregadas e Trabalhadores Domésticos de Araraquara e Região constituía entidade na verdade "fantasma", existente apenas no papel, controlada por grupo familiar que se especializou em se apossar de entidades sindicais para lucrar com o produto de contribuições sindicais", afirmou o procurador Rafael de Araújo Gomes.

Contribuição sindical
Segundo o MPT, não eram disponibilizados meios para que os trabalhadores domésticos entrassem em contato com a entidade, nem sequer um número de telefone. Mesmo assim, em março de 2017, o sindicato passou a enviar boletos para recolhimento de contribuição sindical a diversos empregados domésticos, por meio de escritórios de contabilidade da cidade.

O MPT notificou todos os membros da diretoria do sindicato para que comprovassem a condição de empregados domésticos, necessária para o exercício legítimo de mandato junto à entidade profissional. Em depoimentos, ficou comprovado o uso de "laranjas" para a composição da diretoria, que incluía pessoas sem relação com a categoria, dentre elas a filha do casal, que é cirurgiã-dentista.

Segundo trecho da sentença, proferida pela juíza Camila Trindade Valio Machado, "trata-se de entidade sindical que desde a sua constituição formal e até o ajuizamento da presente ação não demonstrou possuir sede, não elegeu regularmente os membros de sua diretoria, não promoveu homologação de rescisões contratuais, ou seja, não cumpriu o seu mister constitucional de promover a defesa dos direitos e interesses coletivos ou individuais da categoria".

Sindicato recorreu
O advogado do sindicato, Juvino Pereira Santos do Vale, disse que recorreu da decisão. Segundo ele a entidade existia há 19 anos sem intervenção e que a diretoria foi substituída de forma legítima e regular em maio de 2017. Ele negou que a diretoria possuía pessoas que não eram da categoria.

“A atual diretoria, quando assumiu o sindicato, descobriu que não tinha sequer uma cadeira, não tinha sede, não tinha dinheiro para comprar uma passagem de ônibus para São Paulo, não tinha chance de arrecadar qualquer valor, pois não foi pactuado convenção coletiva em 2017, nota-se, a atual diretoria não tinha qualquer participação com gestão anteriores, e em dezembro começou articular precariamente a atuação para este ano, em janeiro iniciou atendimentos aos trabalhadores, resultando em diversas ações perante a justiça do Trabalho”, afirmou em nota.

Segundo o advogado ao todo são oito ações, três em andamento, e que, além disso, foram feitas muitas mediações e o sindicato firmou convenios com algumas empresas, como óticas, e que estava em andamento negociação com plano de saúde.

“[Estão] Pisando numa garantia/direito constitucional das pessoas, dissolvendo a entidade, esta, não é de nenhuma categoria abastada, ao contrário é muito carente, não é costumeiro uma decisão desta num Estado Democrático, por esta razão vamos combate-la”, afirmou Vale.
Nome

Abono Salarial,3,Agenda,2,Altinópolis,1,Américo Brasiliense,97,Araçatuba,3,Araraquara,2667,Araras,1,Barretos,1,Batatais,1,Bauru,12,Bebedouro,2,Boa Esperança do Sul,4,Brasil,14,Bueno de Andrada,2,Cajuru,1,Campinas,15,Carreira,77,Caxias do Sul,1,Concurso Público,73,Concursos,12,Cotidiano,1,Cravinhos,1,Cubatão,1,Cultura,4,Curiosidades,13,Currículo,11,Cursos,142,Cursos Técnicos,7,Datas Comemorativas,34,Descalvado,1,Dicas,163,Direito Trabalhista,94,Dobrada,1,Economia,70,Educação,10,Eleições,1,Encceja,8,Enem,14,Estágios,145,Franca,1,Freelance,25,Fuvest,2,Gavião Peixoto,3,Greve,2,Guaíra,1,Guará,1,Guararapes,1,Guia das Profissões,1,Ibaté,12,Ibitinga,1,Indaiatuba,1,Ipuã,1,Itápolis,1,Jaborandi,1,Jaboticabal,4,Jacupiranga,1,Jaguariúna,1,Jovem Aprendiz,39,Limeira,1,Livros,2,Livros Grátis,1,Matão,68,Monte Alto,1,Monte Azul Paulista,1,Motuca,1,Mundo,1,Notícias,453,Nova Europa,3,Palestras,2,Passo Fundo,1,Pequenos Negócios,11,Pet Animais,1,Piracicaba,6,Piraju,1,Pradópolis,1,Presidente Prudente,3,Processos Seletivos,32,Programas Sociais,2,Ribeirão Bonito,5,Ribeirão Preto,59,Rincão,3,Rio Claro,4,Santa Ernestina,1,Santa Lúcia,1,Santo Antônio de Posse,1,Santos,3,São Carlos,127,São João da Boa Vista,1,São José do Rio Pardo,1,São José do Rio Preto,4,São José dos Campos,3,São Leopoldo,1,São Paulo/SP,26,Saúde,3,Senac,12,Senai,4,Sertãozinho,1,Seu Dinheiro,2,Sorocaba,4,Tabupuã,1,Taquaritinga,3,Trainee,7,Utilidade pública,2,Vagas de Emprego,2603,Vagas PCD,24,Vestibular,3,Vídeo,5,
ltr
item
Empregos Araraquara: Justiça determina o encerramento de sindicato 'fantasma' em Araraquara
Justiça determina o encerramento de sindicato 'fantasma' em Araraquara
Sindicato das Empregadas e Trabalhadores Domésticos funcionava no mesmo endereço de outra entidade, que foi fechada em 2016, não tinha telefone e tinha diretoria formada por ‘laranjas’, segundo MPT. Entidade disse que recorreu da decisão.
https://1.bp.blogspot.com/-iDy01IjHBdU/Wxqy9AgLcYI/AAAAAAAAB_E/ljRoIhzuHcgvaUWKzVGTAuPT0qRyqIQGACLcBGAs/s1600/Mat%25C3%25A9ria.jpg
https://1.bp.blogspot.com/-iDy01IjHBdU/Wxqy9AgLcYI/AAAAAAAAB_E/ljRoIhzuHcgvaUWKzVGTAuPT0qRyqIQGACLcBGAs/s72-c/Mat%25C3%25A9ria.jpg
Empregos Araraquara
https://www.empregosararaquara.com.br/2018/06/justica-determina-o-encerramento-de.html
https://www.empregosararaquara.com.br/
https://www.empregosararaquara.com.br/
https://www.empregosararaquara.com.br/2018/06/justica-determina-o-encerramento-de.html
true
2665611394616304272
UTF-8
Carregou todos os posts Não encontrei nenhum post VER TUDO Leia mais Resposta Cancelar resposta Excluir Por Início PÁGINAS POSTAGENS Ver tudo RECOMENDADO PARA VOCÊ RÓTULO ARQUIVO PROCURAR TODAS AS PUBLICAÇÕES Não encontrou nenhum resultado após o seu pedido Voltar para início Domingo Segunda-feira Terça Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hora atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESTE CONTEÚDO É PREMIUM Por favor, compartilhe para desbloquear Copie todo o código Selecione todo o código Todos os códigos foram copiados para sua área de transferência Não é possível copiar os códigos / textos, por favor pressione [CTRL] + [C] (ou CMD + C com Mac) para copiar