Governo autoriza reajuste médio de 2,43% para medicamentos

O reajuste aplicado é de 2,09% a 2,84%, o que está abaixo da inflação fechada de 2017, de 2,95%

Governo autoriza reajuste médio de 2,43% para medicamentos
Os medicamentos devem ficar em média 2,43% mais caros este mês, de acordo com a Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED). O reajuste aplicado é de 2,09% a 2,84%, o que está abaixo da inflação fechada de 2017, de 2,95%.

O aumento começa a valer no dia 31 deste mês. O anuncio ainda não foi publicado no Diário Oficial da União, o que deve acontecer nos próximos dias.

Conforme ressalta, em nota, o Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos no Estado de São Paulo (Sindusfarma), pelo segundo ano consecutivo, o reajuste dos medicamentos ficou menor.

De 2013 a 2017, cita, a taxa acumulada do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) foi de 36,48% ante 32,51% dos reajustes médios autorizados pelo governo para remédios.

“A indústria farmacêutica tem conseguido segurar seus preços, apesar do expressivo aumento dos custos de produção nos últimos anos”, afirma Nelson Mussolini, presidente-executivo do Sindusfarma. No ano passado, o aumento anual autorizado fora de 4,76%, contra um IPCA de 6,29% em 2016, o que já não agradara ao setor.

O reajuste deve ser aplicado em cerca de 13 mil apresentações de medicamentos disponíveis no mercado varejista brasileiro, conforme o Sindusfarma.

Segundo a entidade, o aumento atualiza a tabela de Preços Máximos ao Consumidor (PMC) e não gera elevação automática nem ajustes imediatos nas farmácias e drogarias, principalmente em relação aos remédios que registram grande concorrência. “Medicamentos com o mesmo princípio ativo e para a mesma classe terapêutica (enfermidade) são oferecidos no País por vários fabricantes e em milhares de pontos de venda”, explica.

O Sindusfarma recomenda que é importante o consumidor pesquisar nas farmácias e drogarias as melhores ofertas dos medicamentos prescritos. “Dependendo da reposição de estoques e das estratégias comerciais dos estabelecimentos, aumentos de preço podem demorar meses ou nem acontecer”, afirma Mussolini.
Nome

Abono Salarial,2,Agenda,3,Altinópolis,1,Américo Brasiliense,125,Araçatuba,5,Araraquara,3612,Araras,1,Artur Nogueira,1,Barretos,1,Batatais,1,Bauru,18,Bebedouro,2,Boa Esperança do Sul,6,Borborema,2,Botucatu,2,Brasil,17,Brotas,3,Bueno de Andrada,2,Cajuru,1,Campinas,22,Carreira,92,Caxias do Sul,1,Cinema,1,Conchal,1,Concurso Público,98,Concursos,20,Cordeirópolis,1,Cosmópolis,1,Cotidiano,1,Cravinhos,1,Cubatão,1,Cultura,7,Curiosidades,16,Currículo,5,Cursos,189,Cursos a Distância,30,Cursos Técnicos,9,Datas Comemorativas,34,Descalvado,1,Dicas,174,Dicas para o trabalho,4,Direito Trabalhista,101,Dobrada,1,Dourado,1,Economia,78,Educação,31,Educação Profissional,1,Eleições,1,Emprego,16,Encceja,11,Enem,23,Engenheiro Coelho,1,Ensino Superior,1,Estágios,214,Exposição,1,Fatec,1,Franca,5,Freelance,42,Fuvest,2,Gavião Peixoto,8,Greve,2,Guaíra,1,Guará,1,Guararapes,1,Guia das Profissões,1,Holambra,1,Ibaté,18,Ibitinga,4,Indaiatuba,2,Ipuã,1,Itápolis,3,Jaborandi,1,Jaboticabal,7,Jacupiranga,1,Jaguariúna,2,Jovem Aprendiz,58,Limeira,2,Livros,2,Livros Grátis,1,Matão,106,Monte Alto,1,Monte Azul Paulista,1,Motuca,3,Mundo,2,Notícias,545,Nova Europa,4,Palestras,2,Passo Fundo,1,PCD,1,Pequenos Negócios,13,Pet Animais,1,Piracicaba,28,Piraju,1,Política,2,Pradópolis,2,Presidente Prudente,5,Processos Seletivos,40,Profissões,3,Programas Sociais,2,Ribeirão Bonito,5,Ribeirão Preto,82,Rincão,5,Rio Claro,10,Salários,1,Santa Ernestina,1,Santa Lúcia,3,Santo Antônio de Posse,2,Santos,5,São Carlos,196,São João da Boa Vista,1,São José do Rio Pardo,1,São José do Rio Preto,6,São José dos Campos,7,São Leopoldo,1,São Paulo e Sorocaba,1,São Paulo/SP,30,Saúde,3,Senac,12,Senai,5,Sertãozinho,3,Seu Dinheiro,6,Sorocaba,7,Tabupuã,1,Taquaritinga,3,Taubaté,1,Trabalho no Exterior,2,Trainee,10,Univesp,1,Utilidade pública,2,Vagas abertas,5,Vagas de Emprego,3673,Vagas Patrocinadas,5,Vagas PCD,35,Vale do Ribeira,1,Vestibular,6,Vestibulares,3,Vídeo,5,
ltr
item
Empregos Araraquara: Governo autoriza reajuste médio de 2,43% para medicamentos
Governo autoriza reajuste médio de 2,43% para medicamentos
O reajuste aplicado é de 2,09% a 2,84%, o que está abaixo da inflação fechada de 2017, de 2,95%
https://4.bp.blogspot.com/-hGMRAsz15K8/WrFUoAHnnMI/AAAAAAAAjGw/MBAgZit1DqYheZxHUPRrITbIVXOmoOjmwCLcBGAs/s1600/Mat%25C3%25A9ria.jpg
https://4.bp.blogspot.com/-hGMRAsz15K8/WrFUoAHnnMI/AAAAAAAAjGw/MBAgZit1DqYheZxHUPRrITbIVXOmoOjmwCLcBGAs/s72-c/Mat%25C3%25A9ria.jpg
Empregos Araraquara
https://www.empregosararaquara.com.br/2018/03/governo-autoriza-reajuste-medio-de-243-para-medicamentos.html
https://www.empregosararaquara.com.br/
https://www.empregosararaquara.com.br/
https://www.empregosararaquara.com.br/2018/03/governo-autoriza-reajuste-medio-de-243-para-medicamentos.html
true
2665611394616304272
UTF-8
Carregou todos os posts Não encontrei nenhum post VER TUDO Consulte Mais informação Resposta Cancelar resposta Delete Por Home PAGES POSTS Ver tudo RECOMENDADO PARA VOCÊ LABEL ARCHIVE PROCURAR TODAS AS PUBLICAÇÕES Não encontrou nenhuma correspondência posterior com o seu pedido Voltar ai início Sunday Monday Tuesday Wednesday Thursday Friday Saturday Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat Janeiro Fevereiro Marcio Abril Maio Junho Julio Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hora atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESTE CONTEÚDO PREMIUM ESTÁ BLOQUEADO PASSO 1: Compartilhe em uma rede social PASSO 2: Clique no link da sua rede social Copie todo o código Selecione todo o código Todos os códigos foram copiados para sua área de transferência Não é possível copiar os códigos / textos, por favor pressione [CTRL] + [C] (ou CMD + C com Mac) para copiar